Jogos Vorazes | Quatro Anos Atrás, Katniss Disparava Sua Última Flecha Contra A Capital

0

Um mundo sem novos filmes do Harry Potter ou Crepúsculo, criou uma legião de fãs órfãos de sagas cinematográficas. Entretanto, em 2012, os olhos desses fãs se voltaram para a tela do cinema, para acompanhar um jogo mortal à lá “Battle Royale”.

Eis que surgia uma nova franquia para arrastar multidões de fãs ávidos aos cinemas. Estamos falando, é claro, de Jogos Vorazes.

Hoje, 18 de novembro de 2019, a conclusão da jornada de Katniss e sua revolução contra a Capital completa 4 anos. O filme Jogos Vorazes: A Esperança – O Final (que título, meus amigos!) arrecadou US$ 653,4 milhões ao redor do mundo.

Jogos Vorazes: A Esperança – O Final | Lionsgate

A franquia cinematográfica é proveniente de uma trilogia de livros, cujo primeiro exemplar foi publicado em 14 setembro de 2008. A autora, Suzanne Collins, relatou que a ideia para a trama surgiu no momento em que ela estava na frente da televisão. Enquanto um canal exibia pessoas competindo em um reality show, o outro canal transmitia as cenas da Guerra do Iraque. A junção destes cenários foi o insight da escritora. Mais tarde, o mito de Teseu e o Minotauro e os Gladiadores Romanos inspiraram as páginas do livro.

Suzanne Collins – Escritora de Jogos Vorazes

O encerramento da franquia cumpriu com satisfação o legado de Katniss. O longa metragem foi sucesso de público e crítica, sendo fiel ao material original.

O último filme começa exatamente segundos depois de seu antecessor. Finalmente, a Revolução bate à porta da Capital. O que faltou de ação na Parte 1 é recompensado neste. Com um ritmo mais calmo e intimista, a emoção transborda na tela. Vislumbrar as faces da guerra pelos olhos do Tordo, nos enche de aflição, medo, revolta e sede de vingança.

Grande parte do sucesso dos filmes aconteceu devido ao seu elenco. Donald Sutherland, Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Philip Seymour Hoffman (falecido durante as filmagens) e muito outros, concederam vida aos personagens, que possuíam arcos narrativos que enriqueceram mais a trama.

Hoje, todos conhecem a vencedora do Oscar: Jennifer Lawrence. A atriz é uma força da natureza atuando. Suas cenas são tão carregadas de emoção, que é impossível não se emocionar. A atriz entendeu o todo de sua personagem. O olhar da Katniss Everdeen consegue carregar mil palavras. E QUE OLHAR! A atriz é tão única, que até ao lado de um gato, foi capaz de silenciar a sala do cinema e arrancar lágrimas de todos.

Jennifer Lawrence em Jogos Vorazes: A Esperança – O Final | Lionsgate

Jogos Vorazes revolucionou o modo de pensar de uma geração, perante aos problemas de uma sociedade. Foi uma conquista, para jovens leitores e cinéfilos, apreciar uma saga com temáticas como política, sociedade do espetáculo, efeitos da guerra e manipulação midiática.

Muito que desconheciam a saga, acreditavam se tratar de mais um drama adolescente, sustentando pelo cliché do “Triângulo Amoroso”. Para o espanto destes, e para o conforto dos fãs, a saga seguiu um rumo fiel ao livros, caminhando em direção a uma narrativa sombria, pessimista e realista. Essa abordagem conseguiu propagar entre os adolescentes, um olhar mais atento em questões políticas e sociais. Tirar esse público da zona de conforto, entregando um filme que abordava a cultura do “Pão e Circo”, fortaleceu o senso crítico de muitos jovens.

Existe um eterno questionamento: “A vida imita a arte ou a arte imita a vida?”. A história de Panem migrou para nossa realidade. Em novembro de 2014, uma rede de cinemas em Bangcoc cancelou as transmissões do penúltimo filme da franquia. O motivo? Um grupo de protestantes lutando contra um golpe militar, fazendo alusão aos símbolos da narrativa de Jogos Vorazes.

Estudantes são presos por fazerem o gesto do filme ‘Jogos Vorazes’ durante um discurso do primeiro-ministro da Tailândia (Foto: Bangcoc Post/AP)

Esse ano, foi anunciado um novo livro da saga de Panem. A história será um prelúdio, pois se passará 64 anos antes dos eventos do primeiro livro. O título original é The Ballad of Songbirds and Snakes. A tradução literal seria “A canção de pássaros e cobras”. A previsão do lançamento é para 2020 nos Estados Unidos. No Brasil, ainda não foi divulgado uma data oficial.

Foto editora Scholastic

Katniss deixou sua marca, como uma flecha voraz cravada em nossos corações. Mais uma personagem que entrou no Panteão dos ícones da Cultura Pop. Fiel aos seus instintos, repleta de falhas e qualidades, a protagonista é uma heroína duvidosa, mas que reage diante dos obstáculos.

Jogos Vorazes teve uma conclusão épica, encerrando com maestria a jornada distópica. Agora, nos resta aguardar para que o novo livro de Suzanne Collins possa migrar para as telas dos cinemas e ser tão bom quanto o material original. Lembrem-se, “A esperança é mais forte que o medo”.