Martin Scorsese afirma que Marvel não deveria dominar os cinemas

Diretor já criticou filmes do estúdio antes

0

Na última semana, comentários do cineasta Martin Scorsese (“Os Bons Companheiros“) sobre as produções dos Estúdios Marvel geraram polêmica e reações acalorados de fãs, atores e até outros diretores. Após afirmar que os filmes da Marvel não são cinema, Scorsese defendeu seu ponto de vista e ainda incorporou novas críticas aos longas da Casa das Idéias.

O valor de um filme que é como um parque de diversões, por exemplo os da Marvel, em que os cinemas viram parques de diversões, é uma experiência diferente. Como disse antes, não é cinema, é outra coisa.” disse o diretor durante o British Film Institute’s London Film Festival. “Se você vai ou não, isso é outra coisa e não deveríamos ser invadidos por isso. É um grande problema e nós precisamos que os donos dos cinemas se juntem e exibam filmes que são narrativas.

Uma das últimas produções da Marvel, “Vingadores: Guerra Infinita“. “Ícone do Cinema“.

Atores como Robert Downey Jr. (“Homem de Ferro“) e Samuel L. Jackson (“Pulp Fiction: Tempo de Violência“), que atuaram em longas da Marvel, responderam aos comentários anteriores de Scorsese, contribuindo ainda mais para a polêmica que circunda as redes. Além deles, o diretor James Gunn (“Guardiões da Galáxia“) afirmou que é um grande fã do cineasta e se sentiu muito triste com sua fala.

A fase 4 da Marvel já foi anunciada e deve começar a chegar aos cinemas logo. Já o novo filme de Scorsese, “O Irlandês“, será uma adaptação do livro “I Heard You Paint Houses” (2003) de Charles Brandt e uma ambiciosa junção entre os três maiores atores dos filmes de máfia da história: Robert DeNiro (“Taxi Driver“) Al Pacino (“Um Dia de Cão“) e Joe Pesci (“Casino“), com 3 horas e 30 minutos de duração, será o filme mais longo do cineasta.

Os efeitos especiais necessários para o filme aumentaram em muito seu orçamento, sendo este o mais caro do diretor e custando, segundo o Collider, U$$ 160 milhões. DeNiro irá ser rejuvenescido, pois segundo Scorsese, o intuito do filme é narrar os acontecimentos “do ponto de vista de caras mais velhos olhando pro passado, nada de correria.”

O Irlandês” tem direção de Scorsese e roteiro de Steven Zaillan, com estreia prevista em alguns poucos cinemas dos EUA para 1 de novembro e na Netflix para 27 do dito mês. O longa contará a história do veterano de guerra Frank Sheeran (DeNiro), assassino profissional ligado a máfia e ao assassinato do líder sindical Jimmy Hoffa (Pacino).

Confira o trailer: